AMAF

Avalie este item
(0 votos)

Em entrevista a reportagem exclusiva do Balança Minas de Belo Horizonte, Júlio Costa falou de todos assuntos no Sistema Prisional esclarecendo e sendo firme em suas palavras.

Assista antes que ELES tiram do ar.

Matéria com o Jornalista Ronnie Perteson.

Júlio Costa não mediu palavras mais uma vez, com isso mostrando a cara dá AMAF MG.
Que a Associação veio e estar e vai sempre com essa postura de legalidade e transparência, não enganando a classe de Agentes Penitenciários, Sócio Educativo e Servidores Administrativos.

Júlio Costa falou dos covardes que tentam denegrir e difamar a sua pessoa com intenção de prejudicar a AMAF.

Que são em quantidade de meia dúzia que estão brincando com a cara dá classe.

Que já até denunciou na Polícia Federal um deles por usar NR de documentos de outras pessoas para prejudicar as pessoas em redes sociais.

Que a AMAF MG é a única que tem também os cuidados e atenção com representação para a categoria do SÓCIO EDUCATIVO E SERVIDORES ADMINISTRATIVOS.

E que também é a única que também está nas 18 Risps no Estado, dando atenção as classes lá no Interior do Estado.

Júlio Costa abordou com clareza sobre o Deputado Cabo Júlio, no qual é presidente de honra da AMAF, que a associação o apóia porque é o único parlamentar que vem ajudando as categorias diretamente. Que já foram várias vitórias alcançadas por meio do deputado. Pois a associação busca ouvir os Agentes em todas as Risp e e busca ajuda ao deputado, bem como Júlio Costa também tem o apoio em vários outros órgãos para ajudar a classe.

Júlio Costa foi bem firme em suas palavras a respeito do Sindicato.
" Que pra ele não existe Sindicato dos agente em MG. Que esses divisores de água tem interesse individuais, financeiros e não representa a classe.

Que não quer nem sorrir quando se fala em criação de Sindicato paralelo, ou sindicato por região. Onde está vendo algumas pessoas com essa intenção de criar e dizendo que o dinheiro da região dá carta sindical tem que ficar na região.

Então aquela região lá, ela se separa do sistema? Só lá são agentes?

Que deixou claro que se estão insatisfeitos com o SINDASP, que montem duas chapas, como a AMAF vai fazer e concorre para representar a classe em todas regiões.
O que não pode é dividir, separar o sistema. Todos são agentes. E os benefícios são para todos, pois os sofrimentos são para todos quando existe.

Que a AMAF MG apoia a SEAP, pois o secretário vêm trabalhando buscando valorizar os agentes com sua equipe.

E não é diferente na hora que foi perguntado sobre a Superintendência, sob o comando da Agente SARA SIMÕES, no qual os covardes em rádios AM, vem denegrindo, caluniando a Superintendente, que isso é covardia, que essas pessoas devem lavar a boca para falar de quem vem trabalhando com amor a farda. Que Sara Simões esta de parabéns nos seus trabalhos.


Assistam todo a reportagem , a gravação, pois ele ainda fala:

Dos Agentes Contratado
Dos Agentes Efetivos
Dos convênios que ele conseguiu, que é um pacote de 12 convênios
Falou ainda dá SEAP, demostrando seu apoio a ela.
Falou dos Traidores que ele ajudou a colocar na antiga Suapi para ajudar a classe.
Falou ainda do caso de uma agente feminina que foi presa, é o mesmo com a equipe de advogados da AMAF ajudou a agente.

E também falou do convite que recebeu a poucos dias do Partido Militar Brasileiro PMB para ser Presidente na Região Belo Horizonte e ainda coordenador Geral do Partido na segurança pública em Minas Gerais. E aceitou.

Assistam. EXCLUSIVO- POLÊMICO.

 

REUNIÃO AMAF MG EM BELO HORIZONTE

Avalie este item
(0 votos)

Presidente da Associação do Movimento dos Agentes Fortes de Minas Gerais - AMAFMG

Júlio Costa se reúne com a Presidência da Associação em Belo Horizonte na última terça-feira dia 28 março 2017.

Focados nas pautas de interesse das categorias que os representa:

*Agentes Penitenciários

*Agentes Sócio Educativos

*Servidores Administrativos

Pautas essas que é de extrema necessidade e cooperação com a SEAP.

* Realização de no mínimo mais um concurso com prova de título para ajudar os colegas contratados,
* Atenção na continuidade das nomeações do certame 2013,
* Problemas interpessoais em algumas unidades prisionais relacionados a atestados médicos,
* Remoções de agentes não sendo realizada conforme determinação da Superintendência dá SEAP,
* Atenção na confecção tão logo das Funcionais,
* Estruturação da Associação nas Risps do Interior.


O presidente citou a preocupação com a categoria do Sócio Educativo, mostrando total apoio a classe.

O Presidente citou claramente é foi discutido a necessidade das nomeação de candidatos do último concurso de Servidores Administrativos, uma vez que há vários desvios de função nas UP, prejudicando a Área dá Segurança.

E estudando cada convênio que a AMAF MG estará trazendo para as categorias que estão todos já fechados, que o sinal verde está muito próximo.

Que a União com verdade, transparência e sempre legalidade buscando a coletividade são os ideias. Apoiando quem valoriza, respeita e é humano com as categorias do Sistema.

Unidos Somos Mais Fortes

Avalie este item
(1 Voto)

A ASSOCIAÇÃO DO MOVIMENTO DOS AGENTES FORTES DE MINAS GERAIS - AMAFMG VEM POR MEIO DESSA ELOGIAR E PARABENIZAR A SUPERINTENDENTE DA SEAP, A PREZADA SARA SIMÕES E A SUA EQUIPE QUE A ACOMPANHOU PELA VISITA NA 5ª, 9ª E 10ª RISP.

 

Já demostrando empenho para solucionar os problemas apresentados.
Essa medida é de suma importância pois há a possibilidade de se vivenciar a realidade das Unidades Prisionais.
E até mesmo filtrar as Informações para a devida tomada de providências legais.
Uma vez que a Associação tem recebido os pedidos de ajuda dos Agentes das regiões integradas e essas Risp citadas tem sido rotineiras que com teores semelhantes.
E com certeza a Associação vem cooperando com a SEAP levando as informações filtradas com objetivo de ajudar os colegas e a finalidade da valorização da categoria.
Nesse sentido, essa união, a Superintendência realizando trabalhos como esse, temos a absoluta certeza no excelente resultado empregando a legalidade.
Contudo, deixamos nosso apoio, depositando nossa confiança e cooperação a prezada Superintendente nessa caminhada juntos para um Sistema Prisional Forte, Humano, Respeitado e Digno, visando o fortalecimento e valorização do Agente Penitenciário.
Que as mudanças são necessárias para reconquistarmos a mais alto nível a confiança é o profissionalismo dos nossos Agentes.
Pois sabemos de suas capacidades para exercer suas atribuições a Administração Pública e jamais para o individualismo.

 

Colocamo-nos a disposição.

 

Cordiais Saudações.

 

Júlio Costa

Presidente da AMAFMG

 

Unidos Somos Mais Fortes.

Avalie este item
(0 votos)

Belo Horizonte 02 de Fevereiro de 2017

Assunto: Fim da Corregedoria do Sistema Prisional.

Atenção Categoria de Agentes Segurança Penitenciários, Sócio Educativo, e Servidores Administrativos.

ATENÇÃO – ABSURDO

Chegou para a AMAFMG nessa data que acabou a nossa CORREGEDORIA DO SISTEMA PRISIONAL.

Como Assim?

A nossa Corregedoria foi rebaixada a um núcleo de Correição.

Isso é a Valorização do Sistema Prisional?

Como estavam falando.

A SEAP veio para essa Valorização, principalmente.

E Agora precisamos que a Secretaria (SEAP) faça algo ainda.

Sabemos que a Policia Militar tem sua própria Corregedoria

Sabemos que a Policia Civil tem sua própria Corregedoria

Sabemos que os Bombeiros Militares têm sua própria Corregedoria

Agora fazer isso com a Corregedoria do Sistema Prisional?

Quem está fazendo isso? Partiu de quem? Quem são os Interessados?

Ou seja o Sistema Prisional a segunda maior força do Estado entre as forças acima, não vai ter a sua Corregedoria?

Que segundo informações vai ficar a mercê da Controladoria Geral do Estado.

Essas pessoas não tem a noção da proporção e das Atividades, funções desenvolvidas destes servidores.

Todos servidores da Corregedoria foram surpreendidos com a medida feita em acabar com a Corregedoria, estão todos abalados e demasiadamente desmotivados, pois estavam em um crescente trabalho profissional.

 

Atitude essa é em descompasso com o resto do Brasil, que está buscando agora a valorização do Sistema Prisional.

 

Que em muitos estados, inclusive vem criando as Corregedorias próprias para acabar combater as ilicitudes, ilegalidades, isso valorizando a categoria. Pois quem atua na legalidade, dentro dos princípios da Administração pública, com amor pela categoria e jamais para si próprio, não há o que preocupar as Corregedorias.

E nesse exato momento que nossa Corregedoria vem atuando bravamente com transparência na história do Sistema Prisional, rebaixaram ela para a Controladoria. Isso não pode.

Isso é um abuso para a categoria do Sistema Prisional. Quem fez isso ta pouco se importando com a Categoria.

Bem como citamos acima, a Policia Militar, o Bombeiro, a Policia Civil tem as suas Corregedorias, dá certo, funciona, então o porquê de acabar com a do Sistema Prisional? Qual interesse. Vão ter que explicar e de onde saiu essa medida.

Alguns poucos podem criticar a nossa Corregedoria atual, achando que os processos são demorados, mais estão enganados, estão retirando da gaveta processos e processos do passado que ficaram engavetados, onde qualquer um, sabe o porquê.

E ainda tem os processos que estão chegando demasiadamente diariamente. Mesmo assim as coisas estão sendo solucionadas.

Então categoria de Agentes Penitenciários de Minas Gerais, a AMAFMG, não concorda, deixa claro que isso é perda, desvalorização, tapa na cara da classe de Agentes de Minas Gerais.

Não vamos aceitar. Estamos em busca de valorização, respeito, dignidade a essa classe tão corajosa, valente, verdadeiros guerreiros, que coloca sua vida em risco todos os dias.

 

Unidos Somos Mais Fortes.

Julio Costa

Presidente Fundador da AMAFMG.

 

 

ASSÉDIO MORAL E ABUSO DE PODER

Avalie este item
(0 votos)

ASSÉDIO MORAL e ABUSO DE PODER.

Fiquem atentos aos Sinais e sintomas.

Uma vez que só o nosso ambiente de trabalho e as peculiaridades da nossa profissão de agentes, já é preoculpante.

Assim sendo

Mister se faz listar os SINTOMAS oriundos do assédio moral, quais sejam:

crises e choro (depressão); dores generalizadas e sem explicação (provavelmente tensão), palpitações, tremores (de fundo nervoso), sentimento de inutilidade, insônia (preocupação) ou sonolência excessiva (espécie de fuga psíquica), diminuição da libido (mulheres), disfunção erétil (homens), sede de vingança (ocorre em 100% dos funcionários do sexo masculino), hipertensão, cefaléia, tonturas, inapetência, falta de ar, alcoolismo, idéias de suicídio e tentativas de suicídio.

Então o meio ambiente de trabalho se transforme neste “Neo-Leviatã” do terceiro milênio como descrito acima. 

E com devidas provas, os juízes vão julgar a administração pública, porque quem comete Assédio Moral com servidor público, é julgado na admistracao pública, pois respondemos por ela, e não nominalmente apenas.

As instituições começarão a rever os seus conceitos. E os seus responsáveis.

Por isso que a Administração pública é coletividade, e não para si próprio.

As vezes alguns Gestores não estão servindo p conduzir seus Agentes, por falta de preparação acadêmica intelectual, emocional.

Adoecendo os Servidores em massa, caso concreto e comprovável.

E provas de configuração não falta. E evidente.

Uma ótima sugestão para a documentação é ter um diário de cada ação de assédio, pela qual se indique data, hora, autor, descrição da ação assediante, pessoas presentes, faça uma relação dos distúrbios físicos e psíquicos todos documentados e atestados dos danos que o assédio venha causando à vitima.

Que até mesmo há indenização.

Sendo assim aqueles que ainda acham que as coisas não acontecem, vários servidores estão atentos a legislação e estão buscando por meios legais ( Associação de classes, Ministério Público, etc) denunciar essas pessoas que nem deviam estar na Administração Pública.


Importante saber:

Tem-se que a prática de assédio moral provoca a violação do dever de manter a conduta compatível com a moralidade administrativa (art. 116 IX da Lei 8112/90); de tratar as pessoas com urbanidade (art. 116 XI) e ser leal às instituições a que servir (artigo 116 II).


Denuncie, não fique calado, não aceite abuso de poder, não tema a ordens ilegais, Assédios Morais.

Avalie este item
(0 votos)

Prezados (as) Agentes Penitenciários e Servidores Administrativos

 

  1. : Situação de Servidores Administrativos nas Unidades Prisionais.

 

A AMAFMG no dia de hoje dia 19/01/2017 conforme cópia do documento abaixo, esteve mais uma vez no MP/BH pelo seu representante JULIO COSTA Presidente Fundador protocolando e com via recibo documento esse que trata da atual e real situação dos Servidores Administrativos (Assistentes Executivos, Analistas Executivos de Defesa Social e Médicos).

Nesse Documento cita que:

  1. Que existe vagas em várias Unidades Prisionais para preenchimento dos candidatos do certame em aberto;
  2. Que há um grande número de Servidores Contratados, uma vez que a Secretaria-SEAP visa cumprir a lei;
  3. E dos mais agravante, são Agentes Penitenciários realizando o trabalho administrativo DESVIADOS DE FUNÇÃO, prejudicando a segurança, as escalas de serviço, as marcações de férias e folgas dos Agentes que estão nas duas devidas atribuições conforme seu Edital, leis, regulamentos e determinações do cargo de Agente Penitenciário.

Vale ressaltar que é uma dúvida de como que está sendo feito as Avaliações Especiais de Desempenho - AED (essa em período probatório) e ainda a Avaliação de Desempenho Individual – ADI (essas agentes estáveis ocupante de cargo efetivo) conforme seus devidos decretos previstos. Pois esses Agentes Penitenciários não estão exercendo suas atribuições do cargo de Agente.

Sendo assim há vários candidatos aprovados em concurso, esses excedentes com todas as fases do certame realizadas. Que com sua nomeação e posse resolvera todos esses problemas e ainda mais cooperando com a ressocialização/reinserção do preso e com a segurança das Unidades Prisionais.

Nesse contexto foi protocolado o documento em detalhes e agendando pelo presidente Julio Costa com a comissão do MP, reunião para a próxima semana para tratar do assunto e tomada de providencias.

Deixamos claro, que essa é mais uma pauta, mais uma luta da AMAFMG, que visa valorizar o Sistema Prisional e a classe de servidores Administrativos atuantes nas Unidades Prisionais.

A Associação do Movimento dos Agentes Fortes por meio de seu presidente vem manifestar profundo agradecimento a toda categoria pelo apoio e união a Associação em todas as Risps.

VEJA O DOCUMENTO QUE FOI PROTOCOLADO NO MINISTÉRIO PÚBLICO

Avalie este item
(1 Voto)

Associação do Movimento Agentes Fortes vem por meio dessa nota as 13 HS do dia de hoje 18/01 reforçar e levar aos colegas contratados principalmente que o Presidente Fundador JULIO COSTA vem desde 14/12 (conforme link abaixo) data essa que protocolou no MP de BH a respeito das DEMISSÕES dos Agentes que estariam renovando seus contratos.


http://amafmg.com/2016/index.php/en/amaf-social/item/421-amafmg-protocola-documento-no-mp-de-bh-demissoes-de-agentes-contratado-amaf

 

Porém conforme o contrato, não foi dado aviso prévio de 30 dias de antecedência aos Agentes, vários ainda não gozaram suas férias e horas que tinham no banco de horas.

Sendo a AMAFMG na representação de seu presidente incansavelmente deslocando ao MP e reunindo com a comissão responsável.

Que no dia 17/01 esteve novamente no MP onde o que lhe informaram foi que estão empenhados tomando as devidas providências, como fizeram com o sócio Educativo. Cessando as demissões.

Faz saber que já teve mais Agentes nas Unidades com vencimentos de contratos após as primeiras demissões e não foram demitidos.

Na data de hoje dia 18/01 Júlio Costa se encontra reunido com a comissão também lutando para que as demissões que ocorreram em Dezembro se torna sem efeito, e volte os Agentes aos trabalhos.

Júlio Costa deixou claro que não vai desistir, que está empenhado desde o dia 14/12/2016 nessa causa, representando a classe no MP.

Enquanto alguns aproveitadores, oportunistas se calaram. Não tiveram vontade de ajudar os colegas contratados.

E que nessa reunião citaram a importância dá renovação dos contratos até o prazo limite de vigência. Pois o Brasil está passando por vários massacres intra muros.

E que em Minas Gerais nesse mês de Janeiro já tivemos ondas de motins e rebeliões ( Dutra Ladeira - Ribeirão das Neves BH e em Juiz de Fora) e ainda fugas em unidades de pequeno porte, onde tinha apenas 2 agentes de plantão.

É importante esses Agentes nos quadros para cooperar nesses tipos de imprevistos.

No dia 15/12/2016 Júlio Costa havia anunciado esses motins e rebeliões, e alertou.

Em tempo o presidente disse que protocolou também no MP a respeito dos servidores Administrativos, para suas posses. Que em outra nota específica dará detalhes.

Contudo isso, AMAFMG leva a vocês que não está parada, conformada, que esta e irá permanecer lutando, representando na legalidade as classes do Sistema.

Que foi a Única que está empenhada e tomou atitude para ajudar os Agentes Prisionais e do sócio educativo nas demissões.
Como também em várias outras pautas para as categorias.

Att,

AMAFMG. Associação do Movimento dos Agentes Fortes de MG.

Avalie este item
(1 Voto)

Prezados (as) Agentes Penitenciários e Sócios Educativos

 

Ref: Recomendações do Serviço de Inteligência Geral da SEAP

 

Associação do Movimento dos Agentes Fortes – AMAFMG, vem por meio desse orientar, esclarecer a classe de Agentes Penitenciários e também aos Agentes Socio Educativos, a respeito de informações, “divisão de águas”, covardias que algumas pessoas essas de Associações, Sindicato levando aos Agentes informações covardes contra as medidas que a SEAP (Secretaria) tem tomado para proteger os Agentes.

Em Referencia ao documento a respeito das Orientações de medidas de segurança conforme Memorando Circular CIN/CII/SEAP n 02/2017 de 17 de Janeiro de 2017 do Serviço de Inteligência da SEAP encaminhado a todas Assessorias de Inteligências nas Unidades Prisionais.

A AMAFMG é transparente, justa e leal a categoria, sendo assim sobre essas orientações da SEAP/INTELIGENCIA nesse memorando, aplaudimos e apoiamos essa medida tomada com objetivo de preservar vidas dos Agentes Penitenciários.

Temos que pensar positivamente, cooperar, somar, agir na impessoalidade e não fazer como essas pessoas vem fazendo com interesse pessoal ou de sua organização levando informações aos Agentes colocando-os contra a Secretaria.

Pois tendo em vista a atual situação do Sistema Prisional Nacional onde grupos organizados de Facções Criminosas estão atuando.

Se faz necessário sim orientar os Agentes principalmente das Regiões onde esse grupos estão mais concentrados para redobrar os cuidados, como:

  1. Evitar transitar ou deslocar uniformizado de casa para o local de trabalho e vice versa; (Ate mesmo previsão Legal na Resolução SEDS Nº 1350 de 28 de Novembro de 2012- que dispõe sobre os Uniformes dos Agentes Penitenciários); Que no Momento atual não é propicio transitar uniformizados extramuros antes/após plantões/deslocamentos.
  2. Evitar sempre que possível e manter a atenção em locais de eventos sociais, e em dias de folgas;
  3. E procurar mudar o itinerário de rotina, principalmente o de deslocamento para o trabalho e vice versa.

Louvamos essa atitude da Assessoria geral de Inteligência da SEAP. Pois são eles são os quais obtém as informações que se faz necessário e as sigilosas precisas junto a demais órgãos de Segurança tanto Nacional como a nível Estadual.

Que estamos acompanhando os trabalhos do Secretario, do serviço de inteligência central  e de toda equipe da SEAP, onde é visível a preocupação dos mesmos e estão sim atuando buscando a valorização da classe.

Que não é hora de ficarmos acreditando em falácias de grupos ou organizações de puro interesse próprio. Que montam associações e agem assim com interesse também de obter dinheiro. AMAFMG repudia mesmo essa atitude covarde, essas pessoas mentindo, “jogando” a classe contra quem esta procurando ajudar e melhorar o Sistema.

Sendo assim, essa medida da SEAP/INTELIGENCIA, é muito importante para os Agentes Penitenciários, bem como varias outras, que podemos citar, no qual a AMAFMG tem levado a SEAP a importância de armar nossos Agentes, regulamentando o calibre restrito para poderem adquirir suas Armas e agir com melhor precisão defendendo a si e a sua família.

Contudo isso, a AMAFMG agindo com seus princípios da legalidade, transparência, coletividade, impessoalidade e lealdade, orienta os Agentes Penitenciários para que evite ouvir, ou disseminar informações maldosas, que só retarda, ou atrapalha o crescimento da Categoria. Pois quem inicia atitudes assim, são aqueles que querem tirar aproveito próprio da classe, tem puro e claro interesse individual nas suas organizações.

Na Oportunidade, certos de que juntos faremos o Sistema Prisional, o Sócio Educativo, e a categoria de Servidores Administrativos cada vez melhor, valorizados, apresentamos os nossos mais sinceros votos de apoio em atitudes como essa de vocês de toda SEAP, em especifico ao Setor de Inteligência Geral e agradecimentos a classe pela Confiança.

 

Cordialmente,

 

Julio Costa

Presidente Fundador da AMAFMG.

 

ACESSOS RÁPIDOS

                  

AMAF MG

AMAF MG
Associação Movimento Agentes Fortes de Minas Gerais

Presidente: Julio Costa

ÚLTIMOS POSTS

NEWSLETTER

Assine a newsletter da AMAF e receba em seu email as principais notícias do Sistema Prisional de Minas Gerais