SEAP

Rate this item
(1 Vote)

Além de liberar policiais militares para o policiamento ostensivo, espera-se mais precisão nas informações desses registros

A primeira turma de agentes socioeducativos e penitenciários treinados para preencher Registros de Eventos de Defesa Social (Reds) – antigo boletim de ocorrência - dentro de unidades mineiras acaba de finalizar o treinamento. Ao todo, foram 38 profissionais capacitados, em 64 horas de aulas, por instrutores da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), Secretaria de Administração Prisional (Seap), Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. O preenchimento de Reds por estes profissionais vai resultar em economia, evitando o deslocamento e o empenho de policiais militares para fazer os registros.

Participaram do treinamento presencial, com aulas práticas e teóricas, servidores do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da Gameleira, do Centro de Internação Provisória Dom Bosco, ambos de Belo Horizonte, e do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), que funciona na Cidade Administrativa, na capital. A previsão é que ainda em novembro estes profissionais já estejam realizando o preenchimento de ocorrências.

Nos próximos meses, serão treinados outros servidores distribuídos pelas 18 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp’s) do Estado, que vão se tornar, assim, multiplicadores do conhecimento de forma a atingir o conjunto das unidades prisionais e socioeducativas. “O curso é um ganho fantástico para o sistema. Esperamos levá-lo finalizar as 18 Risps no próximo ano”, conta a diretora do Núcleo de Ensino Integrado da Subsecretaria de Integração da Sesp, Shirley Ferreira.

Vantagens

Além de liberar policiais militares para o policiamento ostensivo, espera-se mais precisão nas informações desses registros primários, já que passam a ser feitos por pessoas que estão no local e conhecem a rotina da unidade prisional.

Leonan Luiz Dias, agente penitenciário, foi um dos profissionais que finalizou o treinamento nesta semana. Para ele a alimentação do Reds pelas unidades socioeducativas e prisionais será “fantástico, porque também vai reduzir o tempo de resolução de ocorrências que acontecem nas unidades”.

Rate this item
(2 votes)

A homologação do concurso público Seds/Seplag nº. 08/2013, para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), será divulgada nesse sábado, 22.10, no Diário Oficial de Minas Gerais, no site da secretaria (www.seds.mg.gov.br) e do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

O resultado apresenta a classificação final dos 3.351 aprovados do primeiro grupamento do certame. Ou seja, aqueles que já finalizaram o Curso de Formação, ocorrido entre os meses de junho e agosto deste ano. Outros cerca de 3.400 candidatos, do segundo grupamento, finalizaram o curso de formação dia 11 de outubro e aguardam o resultado preliminar dos aprovados.

As nomeações devem acontecer a partir da primeira semana de novembro, segundo informações da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

Rate this item
(0 votes)

Os presidentes do Conselho Penitenciário, Bruno César Gonçalves da Silva, e do Conselho de Criminologia e Política Criminal, Alexandre Victor de Carvalho, ligados à Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), serão palestrantes no I Congresso de Assuntos Carcerários, que acontece na próxima semana.


Entre os dias 8 e 9 de agosto, profissionais vão debater temas como a política de encarceramento no Brasil, possíveis estratégias para a execução das penas, a situação atual das unidades prisionais de Minas, o papel dos juízes no processo penal do país, entre outros assuntos. O Conselho Penitenciário é apoiador do evento, realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, seção Minas Gerais (OAB/MG).


O detalhamento do congresso está abaixo:

I Congresso de Assuntos Carcerários da OAB-MG 2

Rate this item
(0 votes)

A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), por meio da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), superou a meta de assunção de presos que estavam sob custódia da Polícia Civil (PCMG) nos primeiros 30 dias de execução do plano

Rate this item
(0 votes)

Sem utilidade e abandonado, um terreno de 2,1 mil metros quadrados no Medicina, um bairro popular de Itajubá, no Território Sul, ganhou um destino nobre pela mão de presos. Nos últimos 15 dias, a parceria entre o Presídio de Itajubá e Associação Comunitária do Bairro Medicina vem preparando o local para ser a primeira horta comunitária da cidade.

Rate this item
(0 votes)

A campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida” da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) realizou, ao longo da tarde deste domingo, 24.07, blitze simultâneas em cerca de 60 postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em todas as regiões do Estado com o objetivo de coibir a mistura de álcool e direção nas estradas. Foram abordados 1.290 veículos, resultando em 42 flagrantes de infração, 29 de crimes de trânsito e de 3 motoristas inabilitados.


Sou Pela Vida

As ações da campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida” tiveram início em julho de 2011, em Belo Horizonte e são realizadas de forma integrada entre a Seds, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Municipal, BHTrans e Polícia Rodoviária Federal.
Dados de produtividade, com projeção de aumento de abordagens: 

 

2011 (jul. a dez.)

2012 (ano todo)

2013 (ano todo)

2014 (ano todo)

2015 (ano todo)

2016 (Jan. a Jun.)

Abordados

10.519

28.101

60.206

54.374

57.770

39.163

Infrações

706

1.127

1.083

377

496

210

Crimes de Trânsito

252

380

569

123

239

71

Inabilitados

215

530

1.675

2.151

2.170

1.114

Fonte: Seds

*Crimes de Trânsito: Teor etílico acima de 0,34 – Pena: Multa, recolhimento de CNH e processo criminal.
*Infrações: Teor etílico entre 0,05 e 0,34 – Pena: Multa e recolhimento de CNH

***Além das blitze específicas da campanha Sou pela Vida, a Polícia Militar, por meio do Batalhão de Trânsito (BPTRAN), realiza operações diárias, em que podem ser utilizados bafômetros.

Rate this item
(1 Vote)

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais (FICCO-MG), coordenada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), desarticulou nesta sexta-feira (15.07), uma quadrilha especializada em tráfico internacional de drogas e armas na região do Triângulo Mineiro. Investigados há aproximadamente três meses, os criminosos buscavam armas, munições e drogas no Paraguai e os distribuíam em Uberlândia, Uberaba e região.

Thiago Melo, conhecido como Thiago Camelô, apontado como o líder da quadrilha, foi preso nesta sexta-feira junto com outras cinco pessoas, no Bairro Santa Mônica, em Uberlândia. Para trazer a mercadoria do Paraguai, Thiago mandou fazer um fundo falso em um veículo e por meio dele, conseguia atravessar a fronteira entre os dois países com os ilícitos escondidos.

A FICCO apreendeu 25 kg de cocaína, 23 armas de fogo e munições de calibre 9 mm de uso restrito. Há ainda, entre os materiais apreendidos, fuzil e carregadores para pistola automática. Os indivíduos foram levados para a sede da Polícia Federal em Uberlândia e devem responder por tráfico internacional de drogas, contrabando, descaminho e tráfico internacional de armas.

Por: Flávia Lima

Foto: Divulgação FICCO

ACESSOS RÁPIDOS

                  

AMAF MG

AMAF MG
Associação Movimento Agentes Fortes de Minas Gerais

Presidente: Julio Costa

ÚLTIMOS POSTS

NEWSLETTER

Assine a newsletter da AMAF e receba em seu email as principais notícias do Sistema Prisional de Minas Gerais